sexta-feira, março 30, 2012


- Ah… a gente terminou.
- E aquele amor todo?
- Acabou.
- E amor acaba?
- Não sei, esse acabou.
- Talvez não tenha acabado.
- Talvez não fosse amor.

domingo, março 25, 2012



É aquele velho truque de fechar os olhos, fingir que não viu nada, e tentar se convencer de que não doeu tanto assim.

 

*---*


Então, não perca seu tempo comigo. Eu não sou um corpo que você achou na noite. Eu não sou uma boca que precisa ser beijada por outra qualquer. Eu não preciso do seu dinheiro. Muito menos do seu carro. Mas, talvez, eu precise dos seus braços fortes. Das suas mãos quentes. Do seu colo pra eu me deitar. Do seu conselho quando meu lado menina não souber o que fazer do meu futuro. Eu não vou te pedir nada. Não vou te cobrar aquilo que você não pode me dar. Mas uma coisa, eu exijo. Quando estiver comigo, seja todo você. Corpo e alma. Às vezes, mais alma. Às vezes, mais corpo. Mas, por favor, não me apareça pela metade. Não me venha com falsas promessas. Eu não me iludo com presentes caros. Não, eu não estou à venda. Eu não quero saber onde você mora. Desde que você saiba o caminho da minha casa. Eu não quero saber quanto você ganha. Quero saber se ganha o dia quando está comigo.





Quando um não quer, dois não podem ser felizes!


Para quem está de fora, é bem mais fácil perceber quando alguém está insistindo numa história que, muito provavelmente, não tem futuro. Mas para quem está envolvido diretamente nesta tal história, tentando simplesmente ser feliz no amor, parece que sempre vale a pena tentar mais uma vez.

Afinal, quase sempre o outro dá alguns sinais. Em geral, não são exatamente sinais verdes, mas amarelos, com certeza. Ou seja, deixa brechas que fazem com que a pessoa se encha de esperança, crie expectativas e fortaleça a ideia de que, quem sabe, talvez, se persistir mais um pouquinho, dê certo e engatem um encontro de verdade.

Acontece que, entre uma esperança e outra, sempre vêm duas ou três frustrações, mais furos, mais desencontros, menos sintonia. E assim segue o ritmo desgastante e doloroso que só não vê quem não quer: quando um não está disponível, dois não podem viver uma história de amor!

Se você se identifica com algo parecido, se tem se sentido derrapando na estrada que acredita que te levará ao encontro da tão desejada felicidade, lembre-se do sábio dito popular: “para um bom entendedor, meia palavra basta”. Isto é, pare de dar “murro em ponta de faca”, reveja suas escolhas, olhe para a realidade tal qual ela se mostra e pare de viver de ilusões seguidas de desastrosas desilusões!

Você merece bem mais do que isso, mas só vai viver, de fato, algo que realmente te faça crescer e se sentir feliz quando acreditar nesta possibilidade e acender, você mesmo, todos os sinais vermelhos para esta história morna, sem intensidade, sem profundidade e sem coração na qual você vem insistindo em investir.

Em primeiro lugar, perdoe tudo isso, todo o seu passado e todo o seu presente. Compreenda que todos nós erramos para, então, finalmente, acertar! Agora, convicto do que quer, talvez você se dê conta de que a pessoa que está procurando, a que você realmente quer encontrar, não é esta com quem vem lutando e se machucando há tempos. A que você realmente merece encontrar é aquela que estará tão envolvida quanto você.

Sim, isso mesmo, você precisa de um novo amor, mas não de um amor que só existe no seu mundo ou nas suas expectativas vazias. A partir de hoje, portanto, vai investir na busca ou mesmo na espera (consciente e equilibrada) de um amor recíproco, intenso, inteiro, entregue, que esteja tão disposto quanto você a experimentar todos os sentimentos e a superar qualquer dificuldade.

Um relacionamento que lhe renda sonhos realizados, desejos vivenciados e uma história consistente entre duas pessoas que reconhecem que vale a pena insistir, sim, num amor, desde que os dois corações estejam seguindo o mesmo caminho, na mesma direção. E assim, quem sabe, você nunca mais se deixe consumir numa insistência masoquista, esvaziada de qualquer criatividade ou reciprocidade...

Isto é amar e ser livre. Amar e ser feliz!

segunda-feira, março 19, 2012

sábado, março 17, 2012

NÃO ME PERGUNTEM.




 
Não me perguntem quantos anos eu tenho…

mas, SIM, quanto Amor carrego no meu Coração!

Não me perguntem quantos anos eu tenho…

mas quantos Sonhos sou capaz de Sonhar! 


Não me perguntem quantos anos eu tenho… 

mas quantos Beijos sou capaz de dar! 

Não me perguntem quantos anos eu tenho… 

mas quanto sou capaz de me Dispor e me Entregar a quem Amo! 

Não me perguntem quantos anos eu tenho… 

mas quanto – se Preciso for – sou capaz de ao Sonho,Vida da Minha Vida,Renunciar! 

Não me perguntem quantos anos eu tenho… 

mas,SIM, quanto sou capaz de PERDOAR!

quinta-feira, março 15, 2012

quarta-feira, março 14, 2012

É meio clichê dizer que tudo vai passar. É clichê dizer que tudo vai ficar bem também, mas é a pura verdade. Viver pode ser complicado, doloroso e cheio de altos e baixos. Tem dias que até sair da cama é difícil. Mas sabe o que acontece? Acontece que terão sempre os outros dias, as outras pessoas, os outros momentos e as outras histórias que fazem tudo valer a pena. Terão sempre recomeços, novas chances, surpresas, acasos e encontros que podem mudar tudo, porque Deus tem o melhor para nós e só nos dá na hora certa. Então é só ter paciência. Paciência, força e fé..  

:)

domingo, março 11, 2012








Todo mundo se machuca, a diferença é que algumas pessoas sabem como disfarçar.


Quero os melhores romances, ou prefiro ficar sozinha. Quero as melhores lembranças, ou prefiro não lembrar. Ou vivo intensamente, ou vou levando essa rotina que não incomoda, não interfere, não fere, mas também não é vida. Vou dispensando tudo o que não julgo suficiente pra me roubar a solidão. Vou excluindo do meu convívio todos que não parecem prontos pra marcar meus dias. (Verônica H.)                                                              


Deixo-te livre para 
sentir minha falta, 
se é que faço falta…














Quando você encontrar a pessoa certa, você vai entender porque as outras deram errado.






sábado, março 10, 2012

Novo Caminho...


Um novo nome para completar novas sentenças. Dê-me uma outra escolha, um outro caminho a que seguir. Quero desvios, curvas, pontes, plataformas ― qualquer um deles que me leve à algum tipo de destino alternativo. Quero mudanças, novidades, diferenças.



Eu amava a pessoa que eu conheci, não a que você se tornou.
E todos akelees e-mails falsos...eu guardeii pra lembrar do quantoo me enganeii!


quinta-feira, março 08, 2012




Naum pude dizer uma só palavra [Pior Dia !]

Sabe eu já estav tão acostumada a mentir em dizer que "Tow Bem e Vc?!" oou "Estou Ótima!" oou "Feliz com Nunca!"...


Mas hoje mee faltaram as palavras, tão acostumada a disfarçar eu não conseguir dizer uma só palavra.
De todas as coisas ruins que tive que ouvir hoje aquela sem duvida foi a pior e ai a tristeza finalmente consegui me derrubar. Nem os falsos sorrisos apareceram e como resposta pra tudo...foi um balançar de cabeça em sinal 
de "sim estou bem agora" é  que na verdade eu naum podia e nem conseguia dizer uma só palavra por quee eu estava ocupada de mais engolindo o meu choro.    :'(


FELIZ DIA DAS MULHERES!!!



Blog Novo...